Estudar na terceira idade: conheça 7 benefícios

Publicado por

Estudar na terceira idade contribui para manter ativos a mente e o corpo do idoso, melhorando significativamente sua qualidade de vida e participação social.

Envelhecer é algo que se torna mais comum a cada dia no mundo. No entanto, a chegada da terceira idade não precisa ser sinônimo de isolamento, perda de interação social e falta de oportunidades de novos aprendizados. Ao contrário do que se imagina, é possível sim continuar aprendendo depois dos 60 anos.

Estudos revelam que idosos que voltam às salas de aula mantêm o cérebro ativo, aumentam sua capacidade cognitiva, possuem uma vida social mais participativa e vivem mais felizes. Esse sentimento de felicidade afasta a depressão e outras doenças típicas da terceira idade.

O retorno às salas de aula permite que os idosos aprendam coisas novas, se atualizem e passem a enxergar o mundo de outra forma. Esse mundo de descobertas torna o idoso mais seguro e autoconfiante, aumenta sua autoestima e permite que ele estabeleça relacionamentos saudáveis.

Quais os benefícios de estudar na terceira idade?

O maior benefício de estudar depois dos 60 anos é a promoção do bem-estar mental, físico e emocional do idoso. Na terceira idade a pessoa estuda para obter uma autorrealização profissional, manter a mente ativa e se relacionar com o mundo ao seu redor de forma mais participativa, sem a pressão da família ou da sociedade conseguir um bom emprego e ocupar um lugar de destaque no mundo dos negócios. Veja a seguir mais 7 benefícios de estudar na terceira idade:

  1. Aquisição de novas habilidades e conhecimentos: Voltar às salas de aula na maturidade significa oferecer ao cérebro novos estímulos, aumentando a capacidade de memorização, da fala, da atenção, noção espacial e do respeito ao próximo. Novos aprendizados proporcionam aos idosos uma nova visão sobre o mundo e sobre tudo o que está acontecendo ao redor deles.
  2. Realização profissional: Muitos idosos em algum momento de suas vidas foram obrigados a abrirem mão de seus sonhos profissionais para se dedicarem à família e filhos. Essa é a oportunidade que eles encontram de realizarem o sonho da graduação ou da atualização profissional. A chegada da aposentadoria permite ao idoso voltar à vida acadêmica com mais calma, mais foco e com condições financeiras de arcarem com o curso escolhido.
  3. Vida social mais ativa e participativa: A inserção em grupos sociais é benéfica e extremamente importante para os idosos, pois essa é uma forma de fazer novas amizades e espantar a solidão. Ao voltar a estudar os idosos também são convidados a participarem de reuniões, passeios, palestras e várias outras atividades que levarão em conta sua experiência de vida.
  4. Continuar trabalhando após a aposentadoria: Alguns idosos desejam continuar trabalhando após a aposentadoria, seja por necessidades financeiras ou para se sentirem úteis e produtivos. A faculdade na terceira idade abre um leque de opções para que os idosos continuem na ativa, seja no aprendizado de novas profissões ou na atualização daquelas que já possuíam.
  5. Contato com estudantes mais jovens: O contato dos idosos com pessoas mais novas permite a troca de experiências tão necessária para a manutenção de uma sociedade ativa e dinâmica, além de contribuir para o exercício da cidadania.
  6. Manter a mente ativa: A leitura e a escrita estimulam o cérebro e melhoram a capacidade cognitiva do idoso, fazendo com o que o mesmo seja capaz de memorizar os conteúdos das aulas e seja forçado a se comunicar constantemente através da fala.
  7. Manter o corpo ativo: Ao saírem de suas casas para a faculdade, os idosos estabelecem uma rotina a ser cumprida diariamente pelo corpo, tornando-o mais ativo e saudável. Essa é uma ótima forma de não ficar parado e envelhecer com mais saúde.

Onde encontrar cursos para a terceira idade?

Idosos podem se matricular em qualquer curso de graduação ou pós-graduação em instituições de ensino credenciadas pelo MEC (Ministério da Educação). Entretanto, algumas universidades possuem programas de ensino voltados para a terceira idade, com oferecimento de cursos regulares de graduação, atividades complementares culturais e físico-esportivas.

Confira a seguir algumas universidades que oferecem cursos de formação e aprimoramento para a terceira idade:

  • USP (Universidade de São Paulo): O Programa Universidade Aberta à Terceira Idade é um programa da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da Universidade de São Paulo que oferece, semestralmente, atividades didático-culturais e físico-esportivas para pessoas que tenham acima de 60 anos. Além dessas atividades complementares, a USP também oferece aos idosos a possibilidade de se matricularem em alguns cursos regulares disponibilizados pela instituição. A programação de cursos oferecida pela USP é semestral e as inscrições para as disciplinas regulares referentes ao 2º semestre de 2018 serão de 23 a 27 de julho.

No site do Programa Universidade Aberta à Terceira Idade da USP é possível visualizar todas as atividades oferecidas neste 2º semestre 2018: http://prceu.usp.br/3idade

  • PUC (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo): A PUC oferece aos alunos da melhor idade um Curso de Extensão Cultural chamado de “Universidade Aberta à Maturidade”. O curso é voltado para pessoas de ambos os sexos com idade acima dos 40 anos e durante as aulas são trabalhados assuntos relacionados ao envelhecimento em seus vários aspectos – biológicos, sociais e psicológicos.

Para participar das aulas, o aluno deverá ter disposição e disponibilidade para participar dos encontros semanais. Segundo a PUC, durante os encontros também são trabalhadas temáticas relacionadas a aspectos históricos, políticos, econômicos e socioculturais, necessários à uma atualização constante, em um mundo em mudança.

Para realizar a inscrição nos cursos oferecidos pela Universidade Aberta à Maturidade da PUC basta acessar o site da instituição de ensino: http://www.pucsp.br/pos-graduacao/especializacao-e-mba/universidade-aberta-maturidade

Viu como voltar às salas de aula na terceira idade pode ser vantajoso para o idoso? E você, não fique aí parado! Escolha já a sua área de conhecimento e matricule-se em algum Programa Universitário Aberto à Terceira Idade oferecido por instituições renomadas! Compartilhe essa informação com seus amigos e familiares. Desejamos a você sucesso na sua nova vida acadêmica!

Deixe uma resposta