Maturidade feminina: como minimizar os sintomas da menopausa?

Publicado por

É possível amenizar os sintomas da menopausa com reposição hormonal, alimentação equilibrada e atividades físicas.

A menopausa é o período da vida em que a mulher deixa de menstruar, encerrando a fase reprodutiva da sua vida. O início desse fenômeno fisiológico se dá por volta dos 45 – 55 anos da mulher. Antes dos 45 é chamada de menopausa precoce; após os 55 anos, é considerada menopausa tardia. O início da menopausa é contado após 1 ano da última menstruação.

A menopausa é antecedida pelo climatério, um período de transição da fase reprodutiva para a não reprodutiva. Durante esse estágio, o organismo da mulher deixa de produzir gradativamente os hormônios estrogênio e progesterona, encerrando, lentamente, os ciclos menstruais e ovulatórios.

O climatério começa entre os 35 – 40 anos e provoca uma série de sintomas na mulher, mais conhecidos como sintomas da menopausa. Entre os sintomas mais comuns, podemos destacar os fogachos (as ondas de calor). O calorão acontece devido a redução dos níveis de estrogênio no organismo, que afeta a região do cérebro responsável por regular a temperatura corporal.

Outros sintomas também podem ser sentidos durante o período do climatério, como insônia, cansaço, alterações de humor, dores de cabeça, dores musculares, secura vaginal, acúmulo de gordura abdominal, redução da libido, diminuição da capacidade de concentração e memorização, entre outros. A menopausa favorece o surgimento de doenças cardiovasculares e de osteoporose (perda de massa óssea, que causa enfraquecimento dos ossos), entre outros.

Não há uma data estabelecida para que a mulher entre no período do climatério. Durante o período, os ciclos menstruais ficam mais espaçados, até parar por completo e há a convivência com os sintomas físicos e comportamentais listados acima, que indicam a chegada da menopausa.

Mas dá para ter uma vida normal durante essa fase da vida? Especialistas afirmam que sim, basta fazer uso de tratamentos eficazes para controlar os sintomas da menopausa, que variam de acordo com o perfil de cada mulher e com a intensidade dos sintomas apresentados.

Um médico ginecologista deverá analisar as condições de saúde de cada paciente de forma individualizada para então propor o tratamento adequado para cada uma. A seguir, listamos os principais tratamentos e cuidados para aliviar os sintomas da menopausa:

Tratamentos hormonais para aliviar os sintomas da menopausa:

Os tratamentos hormonais são prescritos quando a mulher apresenta os sintomas da menopausa de forma severa, de forma que tenha a sua vida afetiva, profissional e familiar prejudicada.

Veja a seguir, as terapias a base de hormônios naturais ou sintéticos mais recomendadas para as mulheres que estão passando pela menopausa:

Terapia de reposição hormonal:

O método mais utilizado para minimizar os sintomas da menopausa é a terapia de reposição hormonal (TRH). Essa terapia repõe no organismo os hormônios estrogênio e progesterona, e pode ser feita com a utilização de adesivos ou comprimidos.

Uso da pílula anticoncepcional:

Quando os sintomas da menopausa são mais brandos, pode-se adotar o uso da pílula anticoncepcional para minimizar os calores e demais sintomas.

O tratamento com a pílula anticoncepcional é feito da mesma forma como para evitar a gravidez: a mulher faz uso do medicamento durante três semanas seguidas e faz uma pausa de sete dias entre uma cartela de comprimido e outra.

Tanto na terapia de reposição hormonal como na terapia com o uso de pílula anticoncepcional há a administração de estrogênio. A diferença entre elas é que na primeira opção o estrogênio é natural, enquanto na segunda o estrogênio é sintético.

Tratamentos naturais para minimizar os efeitos da menopausa:

Os tratamentos naturais para aliviar os sintomas da menopausa são excelentes alternativas para evitar que a mulher tenha seus relacionamentos interpessoais comprometidos com a chegada da menopausa. Para passar por esse estágio da vida com menos incômodos, é necessário ir preparando o organismo precocemente com as dicas abaixo:

Consumir alimentos ricos em isoflavonas:

Um tratamento natural para diminuir os sintomas da menopausa é o uso da soja e seus derivados, como sementes de linhaça, tofu, farinha de soja, missô, brotos de alfafa, óleo e leite de soja. Esses alimentos possuem isoflavona de soja, uma substância que contém os hormônios que deixam de ser produzidos durante a menopausa e que podem realizar, de forma natural, a reposição destes no organismo.

Realizar atividades físicas:

Realizar atividades físicas libera endorfinas, substâncias neurotransmissoras associadas ao bem-estar, prazer e felicidade.

Mulheres que se exercitam fisicamente desde jovens passam pela fase da menopausa sem maiores problemas. Entretanto, mesmo que você não tenha se exercitado quando mais nova e já esteja nesse estágio da vida, saiba que ainda dá tempo de desfrutar dos benefícios proporcionados pelas atividades físicas durante a menopausa.

Pode ser qualquer atividade. Caminhar, correr, andar de bicicleta, natação, hidroginástica, enfim, qualquer exercício físico é capaz de liberar endorfinas na corrente sanguínea e garantir o seu bem-estar físico e emocional.

Fazer sessões de Acupuntura:

A acupuntura é uma terapia medicinal milenar chinesa que trata diferentes males através da introdução de finas agulhas metálicas em pontos específicos do corpo de um paciente.

A acupuntura é composta por várias técnicas, como eletroacupuntura, acupressão, laser acupuntura e várias outras, mas é a técnica do Ren Mai (ou técnica de Vasos Maravilhosos) a que mais é usada para aliviar os sintomas da menopausa.

Também conhecida como “Mar dos Canais Yin”, a técnica do Ren Mai regulariza as funções do aparelho reprodutor da mulher, diminuindo a frequência e a intensidade dos fogachos durante a menopausa.

Para desfrutar dos benefícios oferecidos pela acupuntura na menopausa, a terapia deve ser realizada com uma frequência de 2 vezes na semana com duração de 1 hora cada sessão. A acupuntura está na lista de terapias alternativas oferecidas pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Manter-se hidratada:

Manter-se hidratada é muito importante para o bom funcionamento do organismo em todas as fases da vida, mas, durante a menopausa, beber bastante água é essencial para manter a umidade da pele e a hidratação dos cabelos, já que ambos ficam mais secos nesse estágio da vida.

Além da água, chás com propriedades calmantes também podem aliviar os sintomas da menopausa, melhorando o humor feminino e combatendo a insônia. Tomar chá de capim-cidreira, camomila e maracujá ajudam a relaxar.

Grande aliada no combate aos radicais livres, a água de coco possui baixo teor calórico e tem um alto poder hidratante. Fonte de vitaminas A, C, B1, B2 e B5, a água de coco, além saborosa, também pode ser usada para minimizar os sintomas da menopausa.

E você, conhece alguma técnica utilizada para minimizar os sintomas da menopausa que não esteja listada acima? Compartilha com a gente!

Um comentário

Deixe uma resposta