Os melhores destinos turísticos para a terceira idade

Publicado por

Tranquilidade, conforto, atividades, segurança e boa infraestrutura são requisitos essenciais para escolha de um destino turístico para o público da melhor idade.

Viajar é uma tremenda terapia, pois faz bem ao corpo, à alma e não tem indicativo de idade. O turismo tem sido cada vez mais crescente entre pessoas acima dos 60 anos, pois viajar na terceira idade se constitui como ótimo estimulo à saúde, deixando os idosos mais ativos, mais independentes, bem-humorados e atualizados.

De olho nas oportunidades advindas do envelhecimento da população brasileira, várias empresas do setor de turismo começaram a oferecer pacotes turísticos para a terceira idade, com passeios exclusivos que envolvem atividades recreativas e culturais para os idosos, além de cuidados com alimentação, proporcionando que o público 60+ explore lugares fantásticos. Confira a seguir, os melhores destinos turísticos para a terceira idade:

Turismo Sênior no Brasil:

 O Brasil possui pontos turísticos encantadores. Do Oiapoque ao Chuí encontramos lugares deslumbrantes e fascinantes para todos os gostos, perfis e idades. Veja alguns destinos de viagem mais procurados pelos jovens de alma e espírito:

Holambra, São Paulo:

A apenas 135 km da capital paulista está Holambra, uma cidadezinha formada por imigrantes holandeses e conhecida como a capital das flores, devido a sua rica variedade botânica. Um ótimo lugar para passear e contemplar a natureza repleta de tranquilidade e beleza.

Holambra também possui influência holandesa na arquitetura, cultura e gastronomia, heranças que contribuem positivamente para que a cidade seja uma das preferidas pelos idosos no Brasil.

Caldas Novas, Goiás:

Outro destino turístico muito procurado pelos mais velhos fica em Caldas Novas, Goiás. A cidade é considerada o maior manancial hidrotermal do mundo e possui ótima infraestrutura para quem deseja relaxar e se beneficiar com as águas termais dessa charmosa cidadezinha goiana. As águas quentes do Parque Estadual da Serra e dos vários resorts termais da cidade possuem águas com propriedades terapêuticas, capazes de tratar várias doenças comuns na terceira idade.

A terceira idade rumo à Europa!

Portugal:

Viajar na terceira idade é uma atividade que possui alguns desafios e dilemas. Em uma viagem ao exterior, por exemplo, um dos principais empecilhos para que os idosos arrumem as malas e coloquem o pé na estrada fica por conta do idioma.

A dificuldade com uma língua estrangeira pode fazer com que pessoas com 60 anos ou mais fiquem inseguros com relação a uma viagem para outro país. Por não apresentar essa barreira, Portugal é um dos principais destinos turísticos ao exterior, sendo a porta de entrada para a Europa.

A identificação com o idioma e com a história do Brasil faz com que Portugal seja o destino de viagem internacional preferido por pessoas da terceira idade. Além de encantadoras paisagens, o país também tem inúmeras atrações imperdíveis, como turismo religioso, edificações medievais, museus e monumentos.

Portugal também contempla os seniores brasileiros com uma gastronomia elegante e saborosíssima, vinhos, passeios incríveis pelas vinícolas, um cruzeiro pelo Rio Tejo e visita ao majestoso oceanário de Lisboa.

Itália:

A Europa é regada de lugares incríveis que fazem parte do imaginário de qualquer viajante, independentemente da idade. A Itália é um dos lugares mais requisitados pelos turistas seniores, pois é um país repleto de história, gastronomia e lazer.

Os cenários mais visitados pelos grisalhos são Roma, Florença e Veneza, mas o ápice da maturidade está em visitar a sede da Igreja Católica – o Vaticano, que encanta e fortalece a fé de muitas pessoas.

Uruguai, um destino turístico multicultural para a terceira idade!

Para quem não quer ir tão longe do território brasileiro, a América do Sul possui boas opções ao público sênior. O Uruguai é um desses destinos, um país multicultural de clima ameno perfeito para passeios, com ótimas opções gastronômicas.

O Uruguai mistura cultura e riquezas históricas com maravilhosas praias e pontos turísticos inesquecíveis. Sua capital, Montevidéu, reúne um passeio gastronômico que engloba desde pizzas até o poke, um prato havaiano à base de peixe e arroz, leve, saudável e cheio de nutrientes importantes para a saúde dos idosos. No verão, o destino turístico uruguaio mais procurado pelos idosos é a famosa praia de Punta Del Este, ótima opção para conhecer o litoral do país e se divertir em cassinos e resorts.

Por que viajar na terceira idade faz tão bem?

Aprender novas culturas, apreciar novos sabores, se divertir, relaxar, é revigorante e na terceira idade tudo isso é ainda mais prazeroso.

Várias empresas de turismo já estão preparadas para recepcionar o público sênior. Nelas são oferecidos pacotes de viagens apropriados para a terceira idade, com guias capacitados para oferecer aos mais experientes segurança, conforto, opções de alimentação saudável, passeios e atividades culturais.

Na modalidade de turismo para a terceira idade, os passeios são cuidadosamente pensados em cada detalhe para anteder com cuidado especial ao público com idade igual ou superior a 60 anos. Como os idosos se cansam mais rapidamente, os passeios são divididos em mais dias.

A rede hoteleira escolhida pela empresa de turismo também é focada no público sênior e deve atender a exigências bastante importantes, como rampas de acesso principal, elevadores bem localizados, disposição cuidadosa do mobiliário, banheiros adaptados às necessidades dos idosos e várias outras, tudo para melhorar a experiência, conforto e tranquilidade de uma viagem única e especial.

Dicas e sugestões para realizar uma viagem na terceira idade:

 Viajar requer alguns cuidados, principalmente quando se está na melhor idade. É comum muitas dúvidas aparecerem, e, para sanar algumas delas e facilitar o acontecimento de um passeio incrível, listamos abaixo algumas dicas e sugestões para quem já passou dos 60 anos e deseja realizar a viagem dos sonhos:

  • Viagens interestaduais: O Estatuto do Idoso em seus artigos 40 – 42 garante a gratuidade nos transportes coletivos públicos interestaduais aos maiores de 65 anos, mediante a reserva de duas vagas gratuitas em cada veículo. Para ter direito à gratuidade, o turista idoso precisa ter renda igual ou inferior a dois salários mínimos. Se você está pensando em conhecer os estados brasileiros sozinho, viajar de ônibus pode ser uma boa opção.

 

  • Grupos da terceira idade: Uma boa dica é participar de excursões e viagens para a terceira idade. Viajar com um grupo que tenha a mesma faixa etária favorece um melhor direcionamento de experiências positivas. Grupos de turistas seniores compartilham das mesmas dificuldades e se sentem mais confiantes quando viajam com outros grisalhos.

 

  • Atividades culturais: Lembrando que os idosos têm direito a participar de atividades culturais de lazer mediante desconto de 50% nos ingressos – meia-entrada (Estatuto do Idoso, artigos 20 – 25). Essa regra é válida para teatros, cinemas, museus, shows e eventos esportivos em todo o território nacional.

 

  • Alimentação: Durante a viagem, o cardápio dos seniores deve conter alimentos leves e saudáveis. A hidratação (água e sucos) não pode ser esquecida, pois os idosos se desidratam mais rápido, mas dificilmente sentem sede. Ter uma equipe de guias turísticos que conheça as necessidades físicas e emocionais dos velhinhos contribui positivamente para uma viagem de sucesso!

 

E você, já fez suas malas? Conta para a gente qual será o seu próximo destino!   

Deixe uma resposta