neto emprestado

Neto emprestado: mais do que um simples acompanhante

Publicado por

O neto emprestado é o profissional que promove a inclusão digital e social de pessoas com mais de 60 anos. Além disso, ele também promove a autoestima desse público mais experiente, pois estimula neles o aprendizado e novas habilidades.

Com a longevidade da população, cresce o número de serviços voltados ao público da terceira idade. Entre eles, o neto emprestado.

Os seniores brasileiros estão cada vez mais conectados. Para que isso aconteça, é necessário que alguém esteja disposto a ensiná-los a dominar a tecnologia presente nos smartphones, tablets e computadores. E nem sempre, os filhos ou netos biológicos possuem tempo disponível para oferecer ao seu familiar mais velho. É aí que entra o neto emprestado.

O termo, que inicialmente parece engraçado, ficou famoso e atualmente se constitui como ótima oportunidade de inclusão digital e social para os idosos. Além disso, o neto emprestado virou uma profissão promissora e tem sido alternativa para driblar o desemprego no país.

Quais são as habilidades que um neto emprestado deve ter?

Com um número de idosos cada vez mais crescente no país (atualmente cerca de 26 milhões), há bastante demanda para netos emprestados. Entretanto, não é qualquer um que pode assumir o posto de trabalho não!

Para ser um bom neto emprestado, além de dominar as tecnologias presentes no mundo digital, a pessoa precisa ter muita paciência, carinho, dedicação e amor para dar aos mais experientes. É necessário que o neto emprestado tenha uma característica indispensável para a profissão, que é a empatia. Ou seja, é preciso ensinar aos seniores como se estivesse ensinando aos próprios pais ou avós.

Além disso, é primordial que o neto emprestado saiba reconhecer as dificuldades que o seu vovô ou vovó terá em lidar com a tecnologia.

Dessa forma, é preciso que o profissional consiga buscar por soluções que transformem o processo de aprendizagem em uma atividade prazerosa para o aluno sênior.

Quais são os serviços oferecidos por um neto emprestado?

O trabalho de um neto emprestado não se resume apenas a ensinar os mais velhos a mexerem em smartphones, tablets ou computadores. Veja a seguir outros serviços oferecidos por esse profissional:

Companhia em Home Care

Um neto emprestado pode, por exemplo, ser contratado pelo sênior simplesmente para lhe fazer companhia. Assim, ele poderá estar junto do mais velho durante a exibição de um filme na TV, por exemplo. Ainda, para jogar conversa fora ou para jogar uma partida de xadrez.

Ainda em domicílio, podem ser ministradas aulas de informática e tecnologia para smartphones e tablets para a terceira idade. Ambas aulas devem ser personalizadas conforme as necessidades didáticas dos alunos seniores.

Nesse caso, o ensino é transmitido no próprio dispositivo do aluno. Isso acontece para que o mesmo comece desde já a se familiarizar com as funcionalidades oferecidas pelo próprio aparelho.

Serviços de transporte

Outro diferencial que pode ser oferecido pelo profissional é o serviço de transporte. Entretanto, para que isso possa acontecer, o neto emprestado tem que ser habilitado (possuir Carteira Nacional de Habilitação).

Nesse tipo de modalidade, o neto emprestado pega o vovô ou a vovó em casa e os leva para as consultas médicas, fisioterapias e demais atividades do dia a dia. Após o término do compromisso, ele o acompanha até sua residência novamente.

Acompanhamento em passeios

Nesse caso, o neto emprestado é contratado para acompanhar o sênior em alguns passeios. Ele poderá acompanhá-lo em sessões de cinema, shoppings, parques, restaurantes, festas na casa de amigos ou familiares e até mesmo em passeios culturais.

Além de proporcionar um momento de descontração, a companhia do neto emprestado oferece mais segurança ao mais velho, pois estará sempre disposto a tratá-lo com atenção e respeito.

Acompanhamento em bancos

Alguns seniores não dominam tão bem as tecnologias que envolvem as transações dos caixas eletrônicos bancários. Por esse motivo, se tornam alvos fáceis de violência financeira ou até mesmo de assaltos.

A Lei 7.282/16 determina que todos os bancos tenham funcionários exclusivos para auxiliar idosos e portadores de deficiências nos caixas eletrônicos. No entanto, a grande demanda de pessoas com mais de 60 anos que buscam pelo serviço faz com que a quantidade de atendentes seja insuficiente para prestar um bom atendimento a esse público.

Mas por que esperar em uma fila ou contar com um estranho se um neto emprestado pode prestar esse atendimento? Ao contratar um profissional de confiança, o sênior terá alguém para ajudá-lo com as transações nos caixas eletrônicos. Dessa forma, ele não precisará ficar esperando pela disponibilidade do ajudante bancário.

Além da ajuda com a tecnologia bancária, o mesmo será transportado de volta para casa em segurança. Assim, golpes contra idosos (principalmente os da saidinha de banco) podem ser evitados.

Onde encontrar serviços de neto emprestado?

Com uma demanda cada vez mais crescente, os netos emprestados já podem ser considerados profissionais do futuro. Além disso, seus serviços podem ser encontrados em vários sites, inclusive no Inonni, a primeira plataforma online voltada para a terceira idade.

Como funciona:

Através da nossa plataforma online, o próprio sênior ou seu familiar pode contratar os serviços de neto emprestado. A contratação poderá ser feita dentro de um limite de até 4h diárias.

Após definida a duração do serviço, basta escolher a data e horário que deseja ter o acompanhamento do profissional.

Cabe ressaltar que o neto emprestado não está apto a realizar nenhum procedimento invasivo ou que seja considerado como técnicas de enfermagem.

Para mais informações, entre em contato com o SAC: (11) 2777-5765.

E você, já tinha escutado falar do serviço de neto emprestado? Quer conhecer mais sobre esse e outros serviços para a terceira idade? Então acesse: Inonni.com.br

3 comentários

Deixe uma resposta