Onda prateada, a tendência dos cabelos brancos

Publicado por

Muito mais do que um simples modismo, a onda prateada é um estilo de vida baseado na aceitação do envelhecimento.

Uma cabeleira grisalha não precisa ser necessariamente sinônimo de descuido, envelhecimento precoce ou de longas horas no salão de beleza.

Hoje em dia, os fios brancos estão na moda e são assumidos por homens e mulheres que desejam se livrar dos padrões estéticos impostos pela sociedade.

Mais do que uma tendência feminina, a onda prateada pode ser entendida como um movimento que prega a aceitação do processo de envelhecimento do próprio corpo, e que a cada dia ganha mais adeptos ao redor do mundo.

Ao deixar de pintar os fios brancos, a pessoa se liberta e acaba com o estereótipo de que cabelo branco é sinal de velhice. Nem sempre.

Como surgiu a onda prateada?

Não se sabe muito bem quando surgiu o Movimento Revolução Grisalha, há quem defenda que ele surgiu nos Estados Unidos, há quem diga que foi na Europa.

Aqui no Brasil, a onda prateada surgiu por volta de 2013, inicialmente como um movimento feminino. Tempos depois conquistou também os homens mais maduros.

Atualmente o movimento é visto como uma militância pela aceitação da passagem do tempo e das suas consequências no corpo, como os cabelos brancos.

O fato é que ter cabelos grisalhos deixou de ser sinônimo de desleixo e velhice e passou a ser encarado como uma opção estética cheia de atitude e bem moderna.

E por que não dizer, um tanto irreverente, não é mesmo?

Onda prateada: juventude X velhice

Não existe uma idade ideal para o surgimento dos tão temidos cabelos brancos.

Porque vários são os fatores que ajudam no branqueamento dos fios, como a genética, o estilo de vida e o envelhecimento natural.

Há pessoas que notam o surgimento dos primeiros fios brancos por volta dos 30 anos; outras aos 40 e há aquelas que aos 17 anos já se tornam escravas das tinturas.

O que acontece é que por algum (ou vários motivos combinados) os cabelos começam a perder a melanina e a ficarem brancos.

Esse processo de despigmentação pode ocorrer em decorrência da idade avançada, estresse, uso de produtos químicos, genética e falta de vitaminas.

Ou seja, cabeça grisalha nem sempre é sinônimo de velhice. E esse entendimento tem feito com que cada vez mais jovens assumissem os fios brancos.

Como cuidar dos fios brancos?

No processo de embranquecimento dos fios, a melanina é substituída por bolhas de ar, que deixam os fios de cabelos mais grossos, ressecados e quebradiços.

Por isso, quem está pensando em assumir as madeixas prateadas deve tomar cuidados redobrados.

Os fios brancos absorvem produtos químicos, resíduos e minerais presentes na água, ficando com uma aparência desbotada e amarelada.

O amarelamento é causado pela exposição dos fios ao sol e pode ser contornado com o uso de shampoos incolores ou de shampoos com pigmentos violeta (mais conhecidos como Shampoos Desamareladores). Recomenda-se o uso desses produtos uma vez por semana.

Para devolver a maciez e o brilho dos fios, o ideal é que a pessoa utilize produtos que contenham queratina e aminoácidos e que façam uma hidratação profunda nos cabelos com o intervalo de 15 em 15 dias.

O setor de cosméticos está cada vez mais evoluído. Hoje em dia é possível encontrar nas prateleiras inúmeras opções de tratamento para combater o frizz e o ressecamento dos fios brancos.

Qual é o corte e o tamanho ideal para quem tem cabelos grisalhos?

Fios brancos representam maturidade e por isso, devem ser combinados com um corte adequado ao estilo de vida e às características físicas do indivíduo.

Para homens essa combinação de corte + fios brancos é sempre mais fácil porque a maioria opta por usar cabelos curtos.

Já para as mulheres que aderem aos tons de cinza, a escolha do corte de cabelo ideal é bem mais complicada.

Como os fios brancos são naturalmente mais grossos do que os tingidos e mais suscetíveis ao indesejado frizz, recomenda-se um corte de curto a médio para as mulheres.

Isso porque cabelos mais curtos são mais fáceis de tratar, pentear e equilibram muito bem a modernidade com a maturidade.

Famosos que aderiram à onda prateada:

A cada dia que passa a onda prateada ganha mais adeptos, incluindo os famosos.

A atriz Jamie Lee Curtis (do filme True Lies) foi pioneira na aceitação dos grisalhos. Atualmente com 60 anos de idade, assume seus fios brancos brancos e curtos sem neuras. E isso há muito tempo.

Jamie Lee Curtis
Jamie Lee Curtis e seus fios grisalhos.

Maryl Streep (O Diabo Veste Prada) foi outra celebridade que deus adeus à tintura. Atualmente com 69 anos, a atriz continua linda exibindo com naturalidade os seus fios grisalhos:

diabo-veste-prada - Maryl Streep
Maryl Streep. Cena do filme O Diabo Veste Prada.

O ator George Clooney é mais uma celebridade que não está nem aí para os fios brancos (continua lindo do mesmo jeito, né?)

George Clooney
George Clooney, ator.

Não muito distante de nós, brasileiros, o ator Otaviano Costa também se rendeu à onda prateada:

Otaviano Costa
O ator e apresentador de TV Otaviano Costa e seus fios prateados.

E o que falar do conceituado jornalista William Bonner (JN) então? Um charme!

Bonner
William Bonner, jornalista da TV Globo.

 

A cantora Lady Gaga também foi seduzida pela Revolução Grisalha. E olha que ela só tem 32 anos!

Lady Gaga - Getty Imagens
A ilustríssima cantora Lady Gaga e suas lindas madeixas prateadas.

Conclusão:

Assumir o visual grisalho é uma atitude corajosa, que vai além de aderir a uma simples tendência de moda.

É aceitar o envelhecimento e as suas consequências de uma forma mais natural, sem neuras e sem tintas.

Assumir os fios brancos é envelhecer com alegria e liberdade. Juntar-se à tribo dos grisalhos é tirar proveito das transformações oferecidas pela maturidade.

 

Agora que você já viu que os fios brancos não são mais restritos à terceira idade, que tal assumir os seus, quebrar paradigmas e ser feliz?

Um comentário

Deixe uma resposta