uso-de-redes-sociais-afasta-a-solidão

Idosos: Novas tecnologias podem ajudar a diminuir a solidão

Publicado por

As tecnologias digitais ajudam a manter a mente ativa durante a terceira idade e combatem a solidão.

O uso de ferramentas tecnológicas como smartphone, tablet ou computador tem sido grande aliada dos idosos no combate ao isolamento social, um dos fatores de risco para o desenvolvimento da depressão.

Além de manterem os idosos mais próximos de amigos e familiares distantes, as novas tecnologias digitais também ajudam a manter a mente do público 60+ ativa, o que contribui positivamente para a autonomia física e mental desse grupo de pessoas.

Atualmente cerca de 70% dos brasileiros com mais de 60 anos possuem smartphone ou computador e apenas uma pequena parcela (cerca de 2%) afirmam que não sabem navegar na internet.

Conforme os idosos se familiarizam mais com a internet e as redes sociais, eles se tornam mais independentes e motivados, pois são capazes de buscar por determinados assuntos sozinhos, sem a ajuda de outras pessoas.

Entre os assuntos mais pesquisados pela galerinha da terceira idade na internet estão destinos turísticos para a terceira idade, compras online e sites de relacionamentos.

Benefícios das tecnologias para os idosos

Estudos revelam que usar um smartphone ou computador reduz as chances de o idoso ter problemas de memória em até 42%.

Isso porque um simples comando, como procurar o nome de um contato na agenda, por exemplo, envolve uma sucessão de passos que estimulam o cérebro do mais velho e consequentemente promovem o bem-estar físico e mental do indivíduo.

Além disso, o uso de tecnologias digitais também ajuda a ocupar o tempo ocioso dos idosos, trazendo mais alegria para o dia a dia deles.

Mas os benefícios proporcionados pelo uso do celular ou computador na terceira idade não param por aí. A seguir, listamos outros, não menos importantes:

  • Combate a solidão: a interação social através dos meios tecnológicos pode diminuir a solidão e evitar a depressão na terceira idade.
  • Encurta distâncias: O acesso à internet aproxima os idosos de amigos e familiares que moram longe, pois eles podem se comunicar através de e-mails, vídeo chamadas, WhatsApp etc.
  • Estimula novos aprendizados: A maioria dos idosos costuma se sentir desconfortável em ambientes de aprendizado compartilhados fisicamente com pessoas mais jovens. E a internet atua como facilitadora de novas descobertas, pois permite que o idoso aprenda no seu ritmo.
  • Possui comunicação facilitada: A web é para todos e nela a comunicação é simplificada, ou seja, o idoso não precisa se preocupar em escrever ou falar errado. Porém, caso aconteça, o corretor ortográfico do smartphone dá aquela ajudinha toda especial.
  • Permite complementar renda: Idosos ativos que descobriram o potencial da internet e das redes sociais comercializam seus produtos ou serviços no meio virtual e conseguem reforçar o orçamento doméstico.

Não se esqueça do convívio social

Ninguém vive sozinho. Pesquisas sugerem que a falta de interação social é tão prejudicial à saúde quanto o tabagismo. E a internet chegou para quebrar as barreiras impostas pela distância e pelo isolamento.

Entretanto, há que se observar que, apesar de atuar como facilitadora da comunicação, a internet e os seus meios tecnológicos não devem substituir as relações pessoais.

A tecnologia deve atuar como coadjuvante de um longa metragem onde o papel principal deve ser estrelado pela atenção e pelo carinho.

Portanto, mantenha seus contatos online, mas reserve um tempinho para aquele café ou chá com eles na vida real. E aproveite os recursos tecnológicos do tablet ou smartphone para registrar cada encontro!

Onde encontrar cursos que ensinam as novas tecnologias para os idosos?

Com a internet, aprender ficou bem mais fácil. E para isso, nem é preciso sair de casa.

Várias instituições renomadas oferecem cursos online de informática básica com uma didática bem simples para facilitar o aprendizado dos mais velhos, como é o caso da Fundação Bradesco e do Prime Cursos.

Em outro post fizemos uma matéria bem interessante sobre 7 cursos online gratuitos para a terceira idade, vale a pena dar uma conferida clicando aqui.

Mas, se você não for tão autodidata (capaz de aprender sozinho), poderá contratar um neto de aluguel para ajudá-lo a dominar a tecnologia presente nos computadores e dispositivos móveis.

O legal desse tipo de serviço para a terceira idade é que além de aprender você interage pessoalmente com o professor e faz uma nova amizade.

Resumindo…

O uso das redes sociais e motores de buscas através dos meios tecnológicos (computadores, tablets e smartphones) tem contribuído para um envelhecimento mais ativo da população mundial.

No entanto, apesar de ser responsável pela melhoria da capacidade cognitiva do idoso e consequentemente pelo seu bem-estar físico, o uso dessas tecnologias deve ter uma dosagem certa para que também seja benéfica socialmente para o mais velho.

Isso significa que estimular os idosos ao uso da internet e das redes sociais não deve substituir de maneira nenhuma a presença dos amigos e familiares na vida do mais velho.

Para que o mundo virtual tenha um impacto positivo na vida do idoso, ele deve estar muito bem acompanhado do mundo real e de pessoas queridas.

 

E você, já domina as novas tecnologias dos computadores e smartphones? Conta pra gente o que você mais gosta de fazer quando está conectado!

4 comentários

Deixe uma resposta