inclusão digital na terceira idade

Os desafios da inclusão digital na terceira idade

Publicado por

A inclusão digital na terceira idade é muito importante, pois permite maior interação social entre pessoas de gerações diferentes.

Viver em sociedade depende bastante da comunicação e da interação diária entre indivíduos.

Por muito tempo, este diálogo foi mantido da forma tradicional, sem os aparatos tecnológicos. Assim, tudo era feito de forma manual, até a chegada de aparelhos como o telefone.

Entretanto, hoje em dia já existem tecnologias que superam a interação via ligações telefônicas. Isso porque a internet veio e se tornou o principal veículo de conexão social atual. Nela é possível interagir com todo mundo. Ainda, é possível realizar tarefas que antes eram bastante complicadas ou até levavam dias.

Não estar conectado ou não saber como usar os meios digitais, então, pode gerar sérios problemas sociais. Entre elas a exclusão digital, que limita o acesso a informações e à plena comunicação para qualquer pessoa.

A tecnologia veio para aprimorar a vivência social de todas as idades, acrescentando ferramentas simplificadas para nossas vidas. Por isso, a inclusão digital permite que os mais velhos permaneçam em constante atualização sobre o que está acontecendo na sociedade.

E aí, quer saber mais sobre o assunto? Fizemos uma matéria bem interessante sobre os desafios da inclusão digital na terceira idade. Nela apresentaremos os principais dispositivos móveis e aplicativos para atender usuários maduros. Confere só:

Inclusão digital na terceira idade: principais desafios

O estatuto do idoso garante que os indivíduos com idade igual ou superior aos sessenta anos tenham pleno acesso à educação, cultura, ao trabalho, ao lazer e muito mais. E bem sabemos que para que muitas dessas atividades se desenvolvam, é necessário dominar a linguagem da internet e de seus veículos digitais.

Mas, se a exclusão digital é tão prejudicial assim, por que muitos maduros ainda se mantêm afastados das tecnologias?

Especialistas apontam que a principal dificuldade que essas pessoas possuem para se inserirem no mundo digital é o medo de novos aprendizados.

Outra dificuldade muito comum entre os mais experientes é a falta de paciência que netos e filhos têm para ensiná-los a mexer em celulares e computadores.

Contudo, tal empecilho não significa que a tecnologia não foi feita para quem está na melhor idade. Muito pelo contrário.

A inclusão digital é um direito de todos e a dificuldade de arranjar na família um bom professor já tem uma solução bem simples: a contratação de um neto emprestado. Ainda não conhece esse serviço para a terceira idade? Então clica aqui para saber mais!

No entanto, se não quiser alugar um neto, existem também outras possibilidades para inserir um adulto com mais de 60 anos no universo tecnológico. A seguir, veja as principais:

1) Cursos de tablets e smartphones para a terceira idade

Tem um tablet ou celular e não sabe como usar? Já pediu para o seu filho (a) ou neto (a) inúmeras vezes, mas a correria do dia a dia não permite que eles parem para ensiná-lo? Não se desespere. Hoje em dia é possível encontrar aulas práticas de tablets e smartphones para a terceira idade. Essas aulas têm como objetivo principal garantir o acesso dos seniores à educação tecnológica e dessa forma, integrá-los à vida moderna.

Assim, além de aprenderem a dominar as tecnologias presentes nos dispositivos móveis, os mais velhos também aprenderão a usar redes sociais. Entre elas podemos destacar o Facebook e Instagram. Além dessas, também será ensinado como conversar com amigos e familiares através do WhatsApp.

Além disso, os alunos maduros também serão ensinados a usar aplicativos como Uber e demais serviços de entrega de comida pela internet. Ainda, aprenderão também a tirar fotos, enviar e-mails e usar aplicativos que facilitam a vida da terceira idade, como o Caixa de Remédios, por exemplo.

Para ter acesso às aulas práticas de tablets e smartphones, não é necessário que o aluno sênior tenha qualquer tipo de conhecimento sobre o aparelho. Isso porque as aulas serão programadas especialmente para ele. Além disso, as aulas são oferecidas na modalidade Home Care, ou seja, em domicílio.

2) Aplicativos para adultos com mais de 60 anos

Como mencionamos acima, nas aulas práticas de tablets e smartphones para a terceira idade, os alunos também aprendem a usar aplicativos criados especialmente para atender às mais variadas necessidades deles.

Dessa forma, apps como o “Easy Idoso” e o “BP Watch” podem ser recomendados pelos educadores. Isso porque eles foram desenvolvidos especialmente para a terceira idade, para aprimorar o bem-estar deles.

O Easy Idoso serve para mostrar aos usuários um catálogo de atividades locais disponíveis. Assim, a pessoa fica sabendo onde há lugares de entretenimento, farmácias e salões de beleza por perto. E tudo isso do próprio aparelho celular.

Já o BP Watch foi desenvolvido pensando na saúde dos seus usuários. Isso porque esse app consegue medir a pressão arterial  por meio de cálculos feitos com dados fornecidos pelo próprio sênior. Legal, né?

Inclusão digital na terceira idade: onde encontrar aulas práticas de tablet e smartphone para alunos maduros?

No Marketplace Inonni você encontra aulas práticas de tablet ou smartphone em domicílio. Dessa forma, será possível aprender a manusear seu dispositivo móvel com segurança e agilidade, pois as aulas são individuais e o aprendizado é adquirido no seu ritmo.

Além disso, você ainda conta com a comodidade de criar novas habilidades onde quer que você esteja. Isso porque as aulas oferecidas pelo portal Inonni Market Sênior são oferecidas na sua casa ou no lugar em que você desejar.

E você, gostou desse artigo? Então compartilhe-o com seus familiares e amigos em suas redes sociais. Assim, mais pessoas conhecerão os principais desafios da inclusão digital na terceira idade. E, caso esteja interessado em romper as barreiras tecnológicas, agende hoje mesmo a sua aula prática de tablet e/ou smartphone! Acesse inonni.com.br ou entre em contato conosco através de algum dos canais abaixo:

  • SAC:  (11) 2777-5765;
  • WhatsApp: (11) 94123-0060;
  • E-mail: sac@inonni.com.br

 

 

2 comentários

Deixe uma resposta