Festas de fim de ano com idosos

Como garantir o bem-estar dos idosos nas festas de fim de ano?

Publicado por

Quem tem pais idosos precisa estar atento a alguns cuidados durante as festas de Réveillon

O planejamento das festividades que envolvem a virada do ano costuma exigir bastante tempo das famílias.

É a compra da roupa nova para passar o Réveillon, reuniões no trabalho, preparo para a ceia da virada, compra de passagens para as férias em família, enfim, uma correria só.

Mas, e quem além dessas atividades todas ainda tem sob sua responsabilidade um familiar idoso? Como conciliar as festas de fim de ano com o bem-estar dos mais velhos?

Pensando nos idosos e nos seus familiares, criamos um artigo com algumas alternativas para você se divertir bastante durante a virada de ano, e, ainda assim, garantir a segurança dos anciões da família.

Como garantir o bem-estar dos idosos nas festas de fim de ano

1) Encontre um lar para idosos

Caso você esteja pensando em viajar e o idoso não possa acompanhá-lo por motivos de saúde, é preciso encontrar um lugar seguro e confiável para cuidar dele durante a sua ausência.

Você pode optar por deixar os seus pais (ou avós) idosos em casas de repouso e assim poderem viajar sem maiores preocupações.

Em uma casa de repouso enquanto você curte a virada de ano ou viaja de férias, o seu familiar mais velho recebe todo o suporte necessário para o seu bem-estar, como medicamento na hora certa, banho e alimentação equilibrada.

Dependendo da quantidade de dias contratados, ainda há a possibilidade da realização de passeios e demais atividades feitas com outros idosos, como jogos, danças e oficinas de arte.

Essa interação social melhora a autoestima e afasta o risco de depressão.

Nos lares para idosos, os anciões ainda contam com serviço de emergência médica sempre que for necessário.

Com todos esses cuidados, impossível não curtir as festas de fim de ano com muita tranquilidade.

2) Contrate um cuidador de idosos

Mas, existem aqueles idosos que preferem o conforto dos seus lares. Para eles, também há uma alternativa bem segura caso a família decida viajar e não possa levá-los: contratar um cuidador de idosos.

O cuidador de idosos é o profissional que, como o próprio nome sugere, cuida dos mais velho, só que no próprio conforto do lar do idoso.

Muito requisitado nessa época do ano, o cuidador de idosos é responsável por garantir que todas as necessidades do idoso sejam atendidas da melhor forma possível.

Pois é ele quem providencia os remédios na hora certa, alimenta o mais velho e, em alguns casos, também garante que a higiene do idoso seja feita.

Idosos mais ativos e independentes podem contar com a companhia dos cuidadores para fazer compras, ir até a consulta médica ou realizar passeios em shoppings e praças públicas.

3) Cuidado com a ceia do idoso

Entretanto, algumas famílias decidem passar a virada de ano em casa. Essa reunião costuma ser movida a muita comida e bebida, o que requer alguns cuidados quando se convive com adultos maiores de 60 anos.

Geralmente os pratos servidos nessa época do ano são gordurosos e pesados, portanto, devem ser servidos mais cedo para os idosos, para que os mesmos possam ser digeridos corretamente antes do mais velho ir dormir.

Ademais, deve-se ter também bastante cuidado com as bebidas alcoólicas servidas por conta das festividades.

Idosos devem evitar a ingestão de álcool, mas, se não abrirem mão de um bom vinho ou cerveja e estiverem com a saúde em dia, que bebam com muita moderação.

Já a galerinha da terceira idade que sofre de doenças como pressão alta, diabetes, doenças cardíacas e renais deve ficar longe de bebidas alcoólicas para não ter o quadro de saúde agravado.

Para eles, devem ser preparados alimentos saudáveis e que não prejudiquem a sua saúde.

Seguindo essas recomendações, o idoso terá um Réveillon em família maravilhoso!

4) Leve em conta os sentimentos do mais velho

As festividades de fim de ano, marcadas por intensa alegria, podem provocar sentimentos de tristeza e solidão no idoso.

Isso porque se trata de uma época do ano que provoca lembranças (boas ou ruins) de familiares e amigos que já partiram ou de algum filho que foi morar longe e não pode estar presente na virada de ano.

Enfim, para algumas pessoas, a passagem de um ano para outro é um momento de grande saudade.

Portanto, ao notar tristeza no semblante do seu familiar mais velho durante as comemorações, ofereça-lhe o dobro do amor, da atenção e do carinho.

5) Cuidado com idosos portadores de demências

Idosos portadores de doenças degenerativas cerebrais como Alzheimer e Parkinson podem não compreender as comemorações feitas nessa época do ano, o que causa agitação e atordoamento para eles.

Caso você perceba algum sinal de agitação por parte do idoso portador de algum tipo de demência, leve-o gentilmente para o quarto, para que possa descansar.

Mas não o deixe lá sozinho por muito tempo, para que, mesmo sem entender muito bem o que está acontecendo, ele consiga se sentir amado e querido. Quando observar alguma melhora em seu comportamento, leve-o novamente para a festa.

 

Essas são as recomendações da família Inonni para que todos os vovôs e vovós tenham um Réveillon maravilhoso. Desejamos a todos um Feliz Ano Novo! 

Deixe uma resposta