O uso de plantas medicinais por idosos, fitoterapia

O uso de plantas medicinais por idosos e seus benefícios

Publicado por

As plantas medicinais são uma ótima alternativa para o tratamento de doenças comuns à terceira idade, pois agem de forma menos danosa à saúde e são mais acessíveis financeiramente.

Com o avanço da medicina, diversos medicamentos foram desenvolvidos a fim de aumentar a eficácia no tratamento de doenças da população, inclusive a da mais idosa. Assim, as novas medicações contribuíram bastante e até ajudaram a aumentar a expectativa de vida dos mais velhos.

Porém, muitas pessoas ainda não sabem que diversos recursos curativos podem ser feitos por meio do uso de plantas medicinais. Tal terapia é denominada como fitoterapia e o seu uso pela terceira idade é bastante recomendada tanto por farmacêuticos quanto por médicos.

Contudo, cada planta possui uma composição diferente e age de uma forma específica no organismo do paciente. Por isso é importante conhecer bastante sobre o tratamento, ainda mais quando o assunto é a saúde de pessoas com mais de 60 anos.

Pensando nisso, fizemos uma matéria esclarecendo as possíveis dúvidas sobre o que é a fitoterapia, quais são os seus benefícios e as principais precauções que os idosos devem ter ao optar por esse método alternativo de medicação. Confira isso nos tópicos a seguir:

Fitoterapia, o que é?

A fitoterapia é um tratamento bastante antigo que tem como o objetivo prevenir e/ou diminuir os sintomas doenças crônicas ou agudas. E essa prevenção ou tratamento se dá por meio de uso de plantas que possuem propriedades medicinais.

Seu uso, para enfermidades mais problemáticas, é normalmente recomendado como uma ação adicional, junto a outros medicamentos. Para lesões comuns como dores de cabeça, gripe, insônia e tosse, é possível que o idoso utilize apenas a planta medicinal.

É importante pontuar que a fitoterapia é conhecida como um medicamento de base natural que precisa ser industrializado e modificado para agir de forma eficaz e saudável na prevenção da doença do sênior.

Contudo, isso não significa afirmar que não há propriedades curativas em determinadas plantas. Diversas famílias têm o costume de fazer tratamentos aos idosos e adultos apenas utilizando uma erva e fazendo chás potentes.

Vantagens e benefícios do uso de plantas medicinais pela melhor idade:

1) Alta acessibilidade e bom custo-benefício

Uma das vantagens de fazer uso de plantas como medicamento é a facilidade de manuseio e a alta acessibilidade que ela proporciona.

Inúmeras lojas, atualmente, vendem ervas com propriedades medicinais e, além disso, muitas farmácias e centros de saúde disponibilizam esses remedinhos caseiros em embalagens práticas que facilitam a vida da terceira idade.

Cuidar da saúde ou tratar de uma doença com medicamentos naturais pode ser muito mais tranquilo, além de ter um ótimo custo-benefício para os bolsos dos mais velhos.

2) Diminuição de efeitos colaterais

Muitos velhinhos afirmam que a maior dificuldade de seguir a prescrição de uma medicação são os efeitos colaterais negativos que ela traz.

Justamente, por ter componentes menos agressivos ao organismo, a fitoterapia tem sido amplamente recomentada a idosos, visto que, na terceira idade, é importante ter muito cuidado com as indicações de remédios e de tratamentos.

Assim, cresce o número de pessoas com mais de 60 anos e de médicos que preferem deixar de lado a medicação tradicional e optar pela queridinha medicina alternativa, a fim de aumentar a qualidade de vida e a saúde dos vovôs e vovós.

3) Não causa dependência ao medicamento

Outra incrível diferença que a fitoterapia proporciona aos seus usuários e, principalmente aos mais idosos, é a não dependência do medicamento que está sendo utilizado.

Por a base do fármaco ser processada com as plantas naturais, sua composição quase não possui elementos químicos, uns dos principais causadores da dependência e do vício a remédios.

Além disso, àqueles velhinhos que utilizam a planta pura, há menos riscos ainda. A fitoterapia realmente é uma forma mais natural e saudável de cuidar da saúde de todos indivíduos.

Precauções que idosos devem tomar antes de iniciar o tratamento

Apesar de todos os benefícios que as plantas medicinais podem proporcionar aos nossos queridos velhinhos, não podemos esquecer que ainda estamos falando de remédios.

Por isso, não é recomendado que o idoso ou sua família o automedique antes de consultar um médico ou um especialista no manejo das plantinhas, pois, algumas ervas podem ter efeitos negativos em pessoas, por exemplo, as que têm hipertensão.

Além disso, é sempre importante certificar-se se o idoso não possui nenhuma alergia aos componentes presentes na planta. Se não administrado com cuidado, os produtos naturais podem gerar reações alérgicas.

E, ainda, vale ressaltar que o vovô precisa seguir apenas a dosagem necessária, evitando fazer uso do tratamento para além do recomendado.

Outras informações sobre a fitoterapia para idosos

Para deixar você, idoso, ainda mais informado dos benefícios da fitoterapia, listamos umas plantinhas que podem ser bem úteis no tratamento de alguns mal-estares:

  • Feno-grego

A falta de apetite pode apresentar-se como um grande problema para a saúde de pessoas mais velhas, inclusive nas épocas mais quentes do ano.

O feno-grego é rico em proteínas e possui alguns óleos essenciais que conseguem estimular o apetite e diminuir o desânimo do dia a dia do idoso.

Além disso, para aqueles vovós e vovôs que desejam esquentar novamente a relação sexual, o feno-grego também tem em sua composição elementos que aumentam o nível da testosterona livre, o qual é responsável pelo desejo sexual.

  • Flor de laranjeira

Ao contrário dos efeitos promovidos pelo feno-grego, a flor de laranjeira age como um calmante natural, sendo, assim, muito útil para a terceira idade. Ela é bastante recomendada para tratar de problemas como a insônia e o nervosismo.

Outro benefício dessa plantinha para os idosos, é que ela alivia enfermidades que mexem com o sistema respiratório. Então, tosses e até mesmo a bronquite podem ser tratadas com uma simples dose de flor de laranjeira.

Lembrando que é sempre importante consultar um médico antes de fazer uso de qualquer medicação, mesmo que ela seja natural.

 

São muitas as vantagens que o tratamento com plantas medicinais proporciona aos idosos, não é mesmo!? Por isso, não deixe de compartilhar este artigo nas suas redes sociais e apresentar para seus amigos e familiares os enormes benefícios que a fitoterapia possui.

Deixe uma resposta