empoderamento feminino

Empoderamento feminino na terceira idade

Publicado por

As mulheres estão há décadas lutando por seus direitos. A cada ano que passa um degrau é alcançado rumo à igualdade de direitos entre os gêneros. Sendo assim, o empoderamento feminino na terceira idade tem ganhado força.

Quando nos lembramos das nossas avós, por exemplo, geralmente temos a lembrança de alguém passiva, que fazia o serviço de casa, assava deliciosos bolos e que era o braço direito do marido. Porém, elas viviam num tempo em que ser mais que isso era um afronte para a sociedade. Além de ser um insulto para a própria família. 

A força do empoderamento feminino na terceira idade

As mulheres que estão na terceira idade hoje são da geração Baby Boomer. Elas cresceram numa época em que as mulheres ainda não tinham direito ao voto e dependiam de assinaturas de maridos para emitir cheques. Além disso, poucas eram as jovens que entravam na faculdade, por exemplo.

Porém, na década de 80 aqui no Brasil, o movimento feminista ganhou força e muitas foram as mulheres que participaram dele com o objetivo de conquistar os mesmos direitos que os homens já tinham. A partir de então, muitas foram as mudanças que aconteceram, seja de ideologia ou de direitos. 

Hoje em dia, esse movimento continua sendo forte, pois as mulheres ainda não têm os mesmos os direitos dos homens. Por exemplo, o salário de uma mulher e de um homem que ocupam o mesmo cargo costumam ser diferentes. 

Além disso, a mulher tem outras questões que são vistas ainda só como papel delas, como é a criação dos filhos. É claro que, quando o filho nasce, é preciso que ela se afaste por uns meses do trabalho. Esse momento é para se recuperar do parto e também para dar atenção ao bebê nos seus primeiros meses.

Porém, depois que ela volta ao trabalho, ela continua sendo mais cobrada por ser mãe do que o homem por ser pai. Geralmente, é a mulher que sai do trabalho para atender o filho com febre e não o pai. Isso pode acontecer por vários fatores, mas ainda é visto como algo normal pela sociedade.

Porém, as mulheres que estão na terceira idade hoje têm mais oportunidades do que antigamente. Elas podem fazer uma nova carreira, investir em um sonho ou mudar de vida, por exemplo.

Empodere-se e seja mais você mesma!

Empoderar é o ato de conceder ou dar poder para si próprio. Sendo assim, empoderamento feminino é ver cada vez mais mulheres donas de si e criando sua própria realidade. Isso, sem depender de homens e sem serem julgadas pela sociedade.

Hoje elas não são mais tão podadas pela sociedade e família de seguirem o que querem profissionalmente. Assim, as mulheres que estão na terceira idade podem voltar para a faculdade a fim de fazer um novo curso que faça mais sentido para o que elas anceiam daqui para frente. 

Além do mais, seus filhos já estão crescidos e, assim, podem cuidar mais de si. Hoje há espaço para que essas mulheres possam descobrir o poder que há dentro de si. Com isso, ele pode ser conduzido de forma que elas se sintam felizes na área emocional, profissional e pessoal.

Porém, a luta pelos direitos iguais ainda não acabou. Há muito o que se fazer para que homens e mulheres tenham os mesmo direitos e sejam vistos com igualdade. 

Se você ainda não se sente empoderada, comece por escutar outras mulheres que começaram uma nova carreira depois de se aposentarem. Além disso, procure por grupos de mulheres que tem a intenção do autoconhecimento. Vá em busca do que faz você feliz e não mais do que é o mais aceito pela sociedade.

Indicamos você a assistir um relato de uma mulher que passou por diversas situações em sua vida, mas que sempre seguiu em frente e que pratica o empoderamento feminino.

Deixe uma resposta