bengala dobrável

A bengala dobrável e suas utilidades na vida do longevo

Publicado por

Com o passar dos anos ou por conta de alguma doença que dificulta a mobilidade, ou o equilíbrio, as pessoas começam a necessitar de uma bengala. Este item possibilita que idosos, pessoas maduras ou jovens que tenham algum problema físico andem com mais segurança. Entre os acessórios disponíveis há a bengala dobrável, a de madeira e a de alumínio.

Mas quando é o momento certo de adquirir uma bengala e qual é o modelo mais aconselhado? Acompanhe a leitura e confira a resposta para essas perguntas.

Quando começar a utilizar uma bengala?

Não se tem uma idade certa para começar a utilizar a bengala. Porém, há situações que levam o médico a indicar o seu uso diariamente, como quando a pessoa caiu mais de duas vezes nos últimos seis meses. Isso sugere que ela possa cair mais vezes nos próximos meses.

Outro fator é a questão do nível de mobilidade da pessoa. Se ela tem um problema nas articulações, falta de equilíbrio, problemas musculares, dores ao caminhar, uma sequela física que dificulte a locomoção ou na recuperação após uma cirurgia. 

Porém, é importante verificar com um profissional se a bengala é o acessório indicado para o caso. Pois, talvez seja preciso usar muleta ou andador

O fato é que as quedas são a terceira causa de morte em pessoas com mais de 65 anos. Geralmente, com a queda, as pessoas fraturam o fêmur, o punho e a coluna. O banheiro, por exemplo, é o cômodo mais perigoso da casa quando o assunto é queda. Por isso, também é aconselhável a instalação de barras de apoio.

No entanto, quando o longevo está caminhando pela rua é importante levar a bengala para auxiliar na caminhada. Porém, muitos ainda têm vergonha de utilizar esse acessório. Esse é o maior desafio enfrentado pela família e pelos médicos para fazer com que o longevo passe a utilizar a bengala para a sua própria segurança.

Quais são os modelos de bengala e qual escolher?

Agora que sabemos quando usar a bengala e como o seu uso é importante para prevenir acidentes, veremos os modelos existentes e qual o melhor. Há três modelos principais de bengala: com apoio de antebraço, de um ponto e a com quatro pontos.

Além disso, ela pode ser feita de dois tipos de materiais: madeira e alumínio. A principal diferença entre os dois é que a bengala de madeira costuma ser mais pesada que a de alumínio. Assim, ela só é indicada para pessoas que têm uma força física suficiente para carregá-la. Por outro lado, a de alumínio pode ser dobrável, o que possibilita guardá-la na bolsa com mais praticidade.

Sendo assim, quando for escolher a bengala preste atenção no peso dela. Se a de madeira for muito pesada, prefira a de alumínio. Além disso, é essencial verificar a altura dela, pois ele deve ficar na altura do fêmur e, ao usá-la, seu braço deve ficar dobrado em um ângulo de 30º. É incorreto o seu uso com o braço completamente reto.

Quais são as utilidades da bengala dobrável?

A bengala dobrável, além de ser leve, pois é feita de alumínio, permite que a pessoa a guarde na bolsa quando ela não estiver em uso. Assim, ao ir num restaurante, cinema ou na casa de amigos, é só dobrar a bengala e guardá-la com mais facilidade.

Outro ponto é que ela conta com um ajuste de altura, algo que não se tem nas bengalas de madeira. Assim, você pode regulá-la para a sua altura.

Acesse nosso shopping online e confira os diferentes modelos de bengala dobrável que temos disponíveis. Você também irá encontrar a de alumínio e a de quatro pontos.

E não se esqueça de procurar um médico para que ele confirme que no seu caso o correto é utilizar uma bengala. Pois, há casos em que é necessário outros tipos de acessórios de mobilidade.

Deixe uma resposta